Volta pra esse corpo que te pertence

20nov09

Quando criança escrevia livros cujos personagens eram pessoas do colégio, misturava com mitologia grega (Eros e Psiquê no tempo da tv, era um deles), era muito fã da Madonna de sair de luvinha e  sainha de tule, de doar todas as minhas Barbies em favor da causa. Escrevia crônicas sobre atualidades, como numa feminista que fiz sobre o bafafá que deu o namoro de Cristiana Oliveira com o Polegar, muito mais novo que ela.  Desenhava muito, quando estava com preguiça de fazer margem  desenhava uma cobrinha tão simpática, no freestyle, e a professora achava massa.

Nem dez anos de idade eu tinha.

Daí veio a pré-adolescência e fui eleita a estranha. Tudo meu era diferente, e eu como boa virginiana tinha muita vergonha.

Como todo adolescente, quis trocar minha individualidade pelo grupo e emburreci. Fiquei mansa.

Acho  que toda criança que só tá afim de ser criança é meio gênio.

O próprio termo criar já é meio foda, desconsidera que já há muita  coisa ali  naquela vida recente, que é muito mais encantada com a vida e que a trata muito melhor. Ao invés do tédio, a descoberta e o encantamento, a atenção.

Não sei se quero ter filhos, mas é fato que quero ser uma tia como meu pai que levava a molecada da quadra toda num Voyage de teto solar pra passear, matar um dia  de aula para ver o mundo.

O Supla que é feliz, com 40 anos e ainda é menino.

num momento baiano
Anúncios


One Response to “Volta pra esse corpo que te pertence”

  1. 1 lorena

    i love you! e qdo tiver um teto solar me chama…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: