novela da vida real

23nov10

E no maior ônibus do mundo, rumo ao Terminal Bandeira, vislumbro na intercessão um grupo que pela conversa,  trabalha na mesma empresa.

As instáveis sanfonas são o pretexto para o desequilíbrio de fulana em cima de ciclano, e para cada sorriso acompanhado de desculpas. É engraçado observar mulher dando mole, fingindo fragilidade, ahaha ( porque  quando  vou nessas sanfonas, finco o pé e armo o cotovelo, para espetar qualquer barriga assanhada.)

Enquanto isso, no núcleo Márcia Goldsmith da firma, um cara de aliança diz sentido, que a fulana só fala com ele quando está com ciclana e que a ferradura dela é apertada com chave Philips. Seguro o riso.

Ele fala pra ela parar de fazer careta porque está o assustando. Ela fala que ele tinha que sair do seminário mesmo, que jamais daria  para padre. Daí choquei.  Olhos nos olhos (quero ver o que você faz). Rolou um clima, como numa novela em que Adriana Esteves e Edson Celulari se odeiam no começo e no final se amam.

Vou levar uma plaquinha “eu já sabia” para erguer quando rolar um beijo.

Tá melhor que big brother.

Anúncios


No Responses Yet to “novela da vida real”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: